Conteúdo Cristão, Notícias, Estudos, Meditações, Vídeos e Muito Mais!

Evangélicos têm maior índice de ‘cristãos praticantes’ que outras confissões, diz estudo dos EUA

37

De acordo com uma nova pesquisa da American Bible Society (ABS), as igrejas afiliadas aos evangélicos têm mais cristãos “praticantes” do que as de outras denominações importantes.

A pesquisa, intitulada “A Bíblia na Igreja Americana”, foi lançada na última quinta-feira (21) como parte do sétimo capítulo do 11º relatório anual da ABS sobre o Estado da Bíblia.

Segundo o site The Christian Post, o capítulo distingue entre cristãos praticantes e cristãos autoidentificados, definindo cristãos praticantes como aqueles que frequentam serviços religiosos “pelo menos uma vez por mês” e concordam “fortemente” que sua fé é “muito importante em suas vidas”. Os cristãos praticantes, conforme definido pelo ABS, também “incorporaram a fé em suas vidas e rotina de uma forma transformadora”.

Cristãos autoidentificados, no entanto, se definem como aqueles que “apenas dizem que creem”.

Os resultados do estudo revelam que os cristãos praticantes constituem cerca de 42% dos que se identificam como evangélicos. A porcentagem cai substancialmente dentro de outras denominações, já que os cristãos praticantes representam apenas 31% dos chamados protestantes negros, 28% dos protestantes tradicionais e 22% dos católicos.

Cristãos e a Bíblia
A pesquisa também analisou os cristãos e seu compromisso com a Bíblia. De acordo com o relatório, apenas 67% dos cristãos estão “comprometidos com as Escrituras”, enquanto 29% estão no “meio” e 4% “não têm relação com as Escrituras”.

O ABS define cristãos engajados nas escrituras como aqueles que “interagem com a Bíblia regularmente” e pontuaram pelo menos 100 na escala de engajamento bíblico da pesquisa.

Os participantes que receberam uma pontuação de 70 a 99 na Escala de Engajamento com as Escrituras são considerados no “meio”. O meio representa as pessoas que, na extremidade inferior, “interagem esporadicamente com a Bíblia” e na extremidade superior, “abrem periodicamente a Bíblia como uma fonte de conhecimento espiritual e sabedoria”.

Cristãos “desconectados da Bíblia” são aqueles que pontuaram abaixo de 70 na escala de engajamento das Escrituras e “raramente interagem com a Bíblia”. A Bíblia também parece ter “influência mínima” na vida diária daqueles que estão desconectados da Bíblia.

Quanto aos cristãos praticantes, 75% leem a Palavra de Deus pelo menos uma vez por semana, enquanto 84% a leem mensalmente. Em contraste, apenas 28% dos cristãos não praticantes leem a Bíblia pelo menos uma vez por semana e 39% leem as Escrituras pelo menos uma vez por mês.

As denominações com as taxas mais altas de cristãos praticantes lendo a Bíblia semanalmente foram evangélicos (93%), protestantes negros (87%) e protestantes tradicionais (80%).

Fonte: Evangélico Digital


Fonte: JM Notícia
Referência: https://www.jmnoticia.com.br/evangelicos-tem-maior-indice-de-cristaos-praticantes-que-outras-confissoes-diz-estudo-dos-eua/

Comentários
Carregando...

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy