Conteúdo Cristão, Notícias, Estudos, Meditações, Vídeos e Muito Mais!

Cristãos no Afeganistão estão sendo mortos pelo Taleban, revela especialista em liberdade religiosa

58

Os cristãos no Afeganistão estão enfrentando uma perseguição intensificada agora que as tropas dos EUA deixaram o país a tempo para o prazo de 31 de agosto estabelecido pelo governo Biden. Surgiram relatos de que suas vidas estão em perigo, pois estão sendo caçados pelas forças do Taleban.

“Não estou exagerando ao dizer que o Talibã está matando cristãos”, declarou Nina Shea, diretora do Centro de Liberdade Religiosa do Instituto Hudson, conforme relatado pelo Christian Today .

Shea contou como o think tank com sede em Washington DC tentou ajudar um homem cristão a fugir do Afeganistão depois que seu irmão e pai foram mortos na semana passada. “E ele está escondido perto do aeroporto, esperando sair, esperando ser resgatado porque ele será o próximo. E é porque ele é um cristão.”

Shea argumentou que os cristãos no Afeganistão estão em perigo agora porque a maioria deles é convertida do islamismo e está sendo perseguida por virar as costas à fé. Ela acrescentou: “Isso é considerado pelos olhos do Talibã como apostasia que deve ser punida com a morte”.

No entanto, os cristãos no Afeganistão também estão “duplamente ameaçados”, disse Shea, porque são “confundidos com os americanos e o Ocidente. Portanto, quando o Talibã os vê, eles não são apenas considerados apóstatas, o que é punível com a morte, mas são considerados o inimigo.”

O especialista em liberdade religiosa Dr. Rex Rogers, que é o presidente do ministério da mídia cristã SAT-7 América do Norte, também recebeu relatos de cristãos no Afeganistão sendo mortos por causa de sua fé.

Dr. Rogers disse: “Estamos ouvindo de fontes confiáveis ​​que o Taleban exige os telefones das pessoas e, se eles encontrarem uma Bíblia baixada em seu dispositivo , irão matá-lo imediatamente.”

“É incrivelmente perigoso agora para os afegãos ter qualquer coisa cristã em seus telefones”, lamentou Rogers. “O Talibã tem espiões e informantes em todos os lugares.”

De acordo com The Hill , há cerca de 10.000 a 12.000 cristãos no Afeganistão, a maioria dos quais convertidos do islamismo ao cristianismo. Nos últimos 20 anos, eles foram forçados a praticar sua fé no subsolo porque a conversão é um crime punível com a morte de acordo com a Lei Sharia, que o Talibã defende. Desde a tomada do Afeganistão pelos EUA em 2001, a comunidade cristã no país cresceu, “em parte por causa do mínimo de segurança oferecida pela presença dos EUA no terreno”.

O relatório também disse que dezenas de cristãos no Afeganistão decidiram indicar suas informações religiosas em suas carteiras de identidade nacionais para que as gerações mais jovens não tivessem que esconder sua fé. Mas apenas 30 cristãos no Afeganistão foram capazes de fazer a mudança antes da tomada do Taleban. O relatório também disse que “alguns cristãos no local expressaram que, com a tomada de Kabul, eles esperam ser mortos, ao estilo da máfia.”

Os cristãos no Afeganistão também estão preocupados com a segurança de seus filhos porque o Taleban já anunciou seus planos para “erradicar a ignorância da irreligião” ao “tomar mulheres e meninas não muçulmanas como escravas sexuais e obrigar os meninos a servirem como soldados”.

Por causa da capacidade de rastreamento do Taleban, os cristãos no Afeganistão são agora forçados a desligar seus telefones  depois de receber mensagens ameaçadoras dizendo que eles serão caçados e fugiram para locais não revelados.

Fonte:https://www.christianitydaily.com


Fonte: Exibir Gospel
Referência: https://exibirgospel.com.br/2021/09/04/cristaos-no-afeganistao-estao-sendo-mortos-pelo-taleban-revela-especialista-em-liberdade-religiosa/

Comentários
Carregando...

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy