Conteúdo Cristão, Notícias, Estudos, Meditações, Vídeos e Muito Mais!

Quando a nossa vitória faz sentido?

87

“Mas graças sejam dadas a Deus que, por meio de Cristo, nos conduz sempre em grande vitória. E Deus também nos usa para espalhar o seu conhecimento por toda parte como se fôssemos um bom perfume.”

2 Coríntios 2:14 (VFL)

Essa pergunta é importante porque, nem toda vitória faz sentido. Existem vitórias, triunfos que provocam uma sensação de derrota, um sentimento de que fracassamos. Você já teve essa sensação? Isto normalmente acontece quando nossas motivações estão erradas.

A vitória faz sentido  quando entendo que Deus tem um plano naquilo.

– Quando sou impelido por Deus na batalha, então certamente ele terá um plano nisso. Uma coisa é enfrentarmos uma luta porque Deus está nos conduzindo a ela e outra coisa é enfrentarmos a luta por decisão própria.

– Se estamos sendo guiados por Deus no nosso dia a dia, certamente ele nos conduzirá por momentos de batalhas. Serão propósitos de Deus para nós. Se entrarmos numa batalha onde Deus não está, provavelmente fracassaremos, ainda que possamos vencer.

– Essa luta que você está travando faz parte do plano de Deus para sua vida?

– A luta de  Davi contra Golias, fazia parte do plano de Deus para a sua vida. Não há coincidência aqui. Há propósito! Se não vejamos:

A) Israel estava sendo afrontado por 40 dias. Imagine dois exércitos acampados de frente um para o outro batendo boca por 40 dias. Não faz sentido. «Durante quarenta dias o filisteu aproximou-se, de manhã e de tarde, e tomou posição.» 1 Samuel 17:16

B) Jessé, o pai de Davi, o envia para trazer informações de seus irmãos e para levar mantimento para eles. Davi chega no auge da batalha. «Levantando-se de madrugada, Davi deixou o rebanho com outro pastor, pegou a carga e partiu, conforme Jessé lhe havia ordenado. Chegou ao acampamento na hora em que, com o grito de batalha, o exército estava saindo para suas posições de combate.» 1 Samuel 17:20

A vitória faz sentido quando fortalece a fé e não o  ego das pessoas.

– A vitória de Davi não só o motivou, como, também, motivou os soldados do exército de Saul que já estavam desanimados.

Davi correu, pôs os pés sobre ele, e, desembainhando a espada do filisteu, acabou de matá-lo, cortando-lhe a cabeça com ela. Quando os filisteus viram que o seu guerreiro estava morto, recuaram e fugiram. Então os homens de Israel e de Judá deram o grito de guerra e perseguiram os filisteus até a entrada de Gate e até as portas de Ecrom. Cadáveres de filisteus ficaram espalhados ao longo da estrada de Saaraim até Gate e Ecrom.» 1 Samuel 17:51-52

– Os discípulos de Jesus foram enviados para uma missão em número de 72. Quando voltaram com os resultados, aprenderam uma lição  tremenda.

«Os setenta e dois voltaram alegres e disseram: “Senhor, até os demônios se submetem a nós, em teu nome”. Eles tinham o ego lá em cima. Agora vamos ser famosos, todos vão querer falar connosco. Mas Jesus lhes mostrou que o mais importante é que eu tenha meu nome escrito no livro da vida. Isto é mais importante que qualquer vitória aqui na terra sobre o que quer que seja!

Eu dei a vocês autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano. Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus”. Lucas 10:17, 19-20

A vitória faz sentido quando Deus é glorificado

“Mas graças sejam dadas a Deus que, por meio de Cristo, nos conduz sempre em grande vitória. E Deus também nos usa para espalhar o seu conhecimento por toda parte como se fôssemos um bom perfume.”

2 Coríntios 2:14 (VFL).

– A razão da nossa vitória é espalhar o bom perfume, espalhar o conhecimento de Cristo, trazer a glória ao Senhor.

– A pergunta óbvia deve ser: esta minha vitória está trazendo glória para Deus?

– O objetivo de Davi, quando enfrentou Golias, era fazer Deus conhecido e glorificar seu nome. Durante todo o processo da batalha ele fez questão de colocar Deus como pessoa principal.

“Davi, porém, disse ao filisteu: “Você vem contra mim com espada, com lança e com dardos, mas eu vou contra você em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem você desafiou. Hoje mesmo o Senhor o entregará nas minhas mãos, eu o matarei e cortarei a sua cabeça. Hoje mesmo darei os cadáveres do exército filisteu às aves do céu e aos animais selvagens, e toda a terra saberá que há Deus em Israel. Todos os que estão aqui saberão que não é por espada ou por lança que o Senhor concede vitória; pois a batalha é do Senhor, e ele entregará todos vocês em nossas mãos” 1 Samuel 17:45-47

Por Maurício Guedes, presidente da Igreja Presbiteriana Renovada de Portugal, Pastor na cidade de Almada – Portugal. Autor dos livros: “Geração Autêntica”, “Que Ele Cresça e Que eu Diminua” e “O Evangelho Que Pregamos”.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: O que tu possuis não pode definir quem tu és

Com informações do Portal Guiame
Referência: http://guiame.com.br/colunistas/mauricio-guedes/quando-nossa-vitoria-faz-sentido.html

Comentários
Carregando...

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy