Internacional

Mulher, 18 anos, presa na França por ‘conspiração’ visando uma igreja

Investigadores antiterrorismo franceses disseram que uma mulher de 18 anos presa no fim de semana da Páscoa era suspeita de planejar um ataque a uma igreja.

Novos detalhes surgiram sobre o adolescente, que vivia em Beziers, no sul da França, e é suspeito de planejar um ataque contra Montpellier na Páscoa.

Na quinta-feira, autoridades antiterrorismo disseram que, durante uma busca em sua casa, encontraram uma foto da professora decapitada por um islâmico radical em outubro.

Samuel Paty foi assassinado após mostrar caricaturas do profeta do Islã para sua classe.

As autoridades também disseram que materiais para a fabricação de bombas foram encontrados no apartamento, bem como fotos de “jihadistas armados”, um diagrama de uma igreja próxima e notas manuscritas referindo-se aos nazistas e ao grupo do Estado Islâmico.

O adolescente, que não foi identificado, não era conhecido das autoridades.

As autoridades enfatizaram que nenhum explosivo construído foi encontrado.

Por Press Association

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo