Seja bem-vindo ao InfoCristão, o portal gospel da família brasileira!
sexta-feira , 12 julho 2024
Destaques

‘The Chosen’ rompe com a Angel Studios alegando quebra de contrato

‘The Chosen’ rompe com a Angel Studios alegando quebra de contrato
Dallas Jenkins (E), criador e diretor e Jonathan Roumie (D), ator que interpreta Jesus, na série The Chosen (Foto: Reprodução)

The Chosen“, a popular série financiada por crowdfunding (financiamento coletivo) sobre a vida de Jesus Cristo, está encerrando seu relacionamento com a Angel Studios e acusou a distribuidora de violar seu contrato. A Angel Studios disse que planeja recorrer da rescisão do contrato.

Dallas Jenkins, o criador da popular série lançada no aplicativo Angel Studios em 2019, divulgou uma mensagem em vídeo na quarta-feira compartilhando detalhes por trás da decisão de romper os laços com a empresa de distribuição.

Ao expressar gratidão pelo papel da Angel Studios em colocar seu programa em funcionamento e pela “total liberdade criativa e propriedade” concedida a ele como resultado de sua parceria, Jenkins lamentou que “fomos responsáveis por imensamente mais do que qualquer um de nós esperava para que esse programa sobrevivesse”.

“Isso se tornou ainda mais verdadeiro quando, depois que cobrar para assistir ao programa não funcionou, decidimos que o programa deveria ser gratuito, e Angel criou o modelo pay-it-forward, em que você pode optar por pagar pelo programa para você e para outras pessoas, para que ele possa ser gratuito em todo o mundo”, acrescentou. “De suas contribuições pagas, menos da metade veio para nós, algo em torno de 40%. O restante foi para o marketing e para a Angel Studios.”

Jenkins explicou que “The Chosen” era “o único responsável pelo financiamento das futuras temporadas, ou seja, cada dólar da produção vinha de nossa parte”.

“Tivemos que formar uma empresa para tudo isso”, acrescentou, referindo-se à The Chosen LLC. “Nossa empresa é responsável e deve pagar por todas as nossas questões legais, incluindo o fato de sermos uma empresa pública que deve prestar contas à [Comissão de Valores Mobiliários].”

Em uma declaração ao The Christian Post, a Angel Studios contestou a afirmação de Jenkins de que apenas 40% das contribuições pagas foram para “The Chosen”, insistindo que “o acordo foi uma divisão 50/50 após as despesas”.

Jenkins disse que a empresa cresceu para incluir mais de cinco dúzias de funcionários em tempo integral, dizendo: “A fim de atender às demandas e pagar nossos funcionários, financiamos isso apenas com nossas vendas de presentes, não com o dinheiro da produção que estava chegando através do pay-it-forward”.

Exemplos de vendas de presentes citados por Jenkins incluem “livros, DVDs e roupas”.

Jenkins disse que “The Chosen” chegou a “um novo acordo com a Angel Studios em 2022”, o que “nos permitiu mudar nosso relacionamento com a Come and See, a organização sem fins lucrativos cuja missão inclui levar ‘The Chosen’ ao mundo e financiar nossa produção”.

“Quando você faz uma doação para a Come and See, 100% de sua doação vai para a produção, marketing e traduções internacionais de ‘The Chosen’”, afirmou ele. “O Come and See garantiu que as futuras temporadas serão financiadas e dentro do cronograma, mas é claro que ainda precisamos da sua ajuda para que isso aconteça. As vendas de presentes e licenças com terceiros, como outros streamers e emissoras, continuarão a sustentar financeiramente nossas despesas gerais e nosso crescimento como empresa.”

Jenkins afirmou que “logo após o acordo, a Angel Studios violou nosso contrato em várias ocasiões, a ponto de acreditarmos que ele deveria ser rescindido, o que dissolveria nosso relacionamento com a Angel”.

Jenkins detalhou como se envolveu em uma mediação privada com a Angel Studios e enfatizou que nem a “The Chosen” nem a Angel Studios entraram com uma ação judicial.

“Simplesmente pedimos a um árbitro que decidisse se o contrato havia sido violado ou não e se deveria ser rescindido”, disse ele. “Não tomamos a decisão de ânimo leve, mas foi nossa decisão rescindir o contrato e pedir a um árbitro que decidisse sobre a rescisão.”

Jenkins relatou que o árbitro “afirmou de forma abrangente nossa posição” em uma decisão de terça-feira “e concordou que o contrato havia sido violado de várias maneiras relevantes”. Como resultado da conclusão do árbitro, “o contrato foi de fato rescindido e o relacionamento de ‘The Chosen’ com a Angel Studios está efetivamente encerrado”.

Em uma declaração compartilhada com a CP, o CEO da Angel Studios, Neil Harmon, disse que a Angel Studios “tem a honra de ter sido fundamental na fundação e no crescimento inacreditável de The Chosen”.

Ele creditou “nossas longas horas de trabalho árduo nos últimos 8 anos por equipes de programadores, profissionais de marketing, tradutores, especialistas em licenciamento e inovadores”, ajudando a torná-lo “o sucesso mundial que é hoje”.

“Infelizmente, a The Chosen, Inc. optou por encerrar seu contrato conosco. Esperamos que um dia o acordo seja restabelecido – e planejamos seguir a cláusula de apelação que a Angel e a The Chosen concordaram como o processo para resolver desacordos de forma privada”, disse Harmon.

Jenkins detalhou como se envolveu em uma mediação privada com a Angel Studios e enfatizou que nem a “The Chosen” nem a Angel Studios entraram com uma ação judicial.

“Simplesmente pedimos a um conselheiro que decidisse se o contrato havia sido violado ou não e se deveria ser rescindido”, disse ele. “Não tomamos a decisão de ânimo leve, mas foi nossa decisão rescindir o contrato e pedir a um conselheiro que decidisse sobre a rescisão.”

Jenkins relatou que o conselheiro arbitral “confirmou de forma abrangente nossa posição” em uma decisão na terça-feira “e concordou que o contrato havia sido violado de várias maneiras relevantes”. Como resultado da conclusão do conselheiro, “o contrato foi de fato rescindido e o relacionamento de ‘The Chosen’ com a Angel Studios está efetivamente encerrado”.

Em uma declaração, o CEO da Angel Studios, Neil Harmon, disse que a Angel Studios “tem a honra de ter sido fundamental na fundação e no crescimento inacreditável de The Chosen”.

Ele creditou “nossas longas horas de trabalho árduo nos últimos 8 anos por equipes de programadores, profissionais de marketing, tradutores, especialistas em licenciamento e inovadores”, ajudando a torná-lo “o sucesso mundial que é hoje”.

“Infelizmente, a The Chosen, Inc. optou por encerrar seu contrato conosco. Esperamos que um dia o acordo seja restabelecido – e planejamos seguir a cláusula de apelação que a Angel e a The Chosen concordaram como o processo para resolver desacordos de forma privada”, disse Harmon.

Devido ao fato de “The Chosen” ter cortado os laços com a Angel Studios, os espectadores terão a opção de assistir à série em uma transmissão ao vivo pela mídia social, pelo aplicativo “The Chosen” ou em DVD, e não pelo aplicativo da Angel Studios.

Jenkins disse que a quarta temporada de “The Chosen” estará disponível no aplicativo “The Chosen” na próxima semana, com o primeiro episódio sendo lançado no domingo e o segundo episódio na quinta-feira. Dois episódios da quarta temporada de “The Chosen” serão lançados por semana durante as próximas semanas.

Assista ao vídeo de Dallas Jenkins, em inglês:

Folha Gospel com informações de The Christian Post


Por: Folha Gospel
Fonte/URL: https://folhagospel.com/the-chosen-rompe-com-a-angel-studios-alegando-quebra-de-contrato/

Artigos Relacionados

Leitura diária da Bíblia está relacionada a felicidade e saúde mental entre a Geração Z

Pessoas com as mãos postas orando e uma Bíblia (ilustração) De acordo...

Benny Hinn volta a falar em dinheiro, cinco anos após renunciar ao evangelho da prosperidade

Benny Hinn durante entrevista com Stephen Strang, apresentador do The Strang Report....

Livro “Ela à Imagem dele”: Francine Walsh discorre sobre temas femininos sensíveis dentro e fora da igreja 

Escritora e psicoterapeuta Francine Walsh. Foto: Divulgação. A psicopedagoga Francine Walsh explora...

O STF e a Liberdade de Expressão Religiosa no País

Fachada do palácio do Supremo Tribunal Federal (STF) O CEDIRE – Centro...