Conteúdo Cristão, Notícias, Estudos, Meditações, Vídeos e Muito Mais!

Encenação de ressureição em igreja na África do Sul acabou em três processos

20

Essa semana, a viúva do pastor Huber Carlos Rodrigues, de Goiatuba, em Goiás, se negou a liberar o corpo do marido por três dias por causa de um documento que ele deixou afirmando que o Espírito Santo revelou que ele ressuscitaria no terceiro dia após sua morte.

O pastor Huber Carlos, que faleceu por complicações de Covid-19, foi enterrado nesta terça-feira (26).

Casos como esse de pessoas que enganam o povo com falsas profecias é comum. Em 2019 na África do Sul, uma história semelhante ganhou repercussão nos jornais quando o pastor Alph Lukaku, da igreja Alleluia Ministries International aparece em um vídeo ressuscitando um homem que estaria morto.

O líder religioso aparece gritando para o “morto” que está em um caixão para que ele se levante, e em seguida ele se levanta.

Processo por fraude
O vídeo ficou famoso na África do Sul e ganhou três processos na justiça. Um deles foi aberto pela casa funerária que afirma ter sido manipulada para se envolver na fraude da ressurreição.

Outro processo é de um pastor concorrente e o terceiro por pessoas que afirmam ser cidadãos preocupados com fraudes, segundo as informações do capitão Mavela Masondo ao jornal “Sunday Times”.

O vídeo africano foi gravado em fevereiro de 2019. em abril do mesmo ano, o ator que encenou a ressurreição morreu de pneumonia no Zimbábue, lugar onde morava, com apenas 28 anos.


Fonte: Gospel Prime
Referência: https://www.gospelprime.com.br/encenacao-de-ressureicao-em-igreja-na-africa-do-sul-acabou-em-tres-processos/

Comentários
Carregando...

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy