Conteúdo Cristão, Notícias, Estudos, Meditações, Vídeos e Muito Mais!

Cristãos usam surfe para levar o Evangelho a comunidades pobres pelo mundo

18

Originalmente, eles eram apenas um grupo de apoio de surfistas com ideias semelhantes que se sentiam um pouco marginalizados pela igreja, mas conforme cresciam, eles perceberam que tinham uma responsabilidade maior de ganhar todo o mundo do surfe para Cristo.

Hoje, a Christian Surfers International tem afiliados em 35 países com cerca de 175 missões locais, cada uma agindo como uma pequena igreja plantada para a comunidade do surf, disse Casey Cruciano, gerente de operações da CSI.

Eles também realizam projetos de desenvolvimento comunitário em todo o mundo por meio de sua organização Groundswell Aid. Alguns dos melhores pontos de surfe do planeta também têm algumas das comunidades mais pobres do mundo.

Comunidade de El Salvador recebe ajuda humanitária. (Foto: Reprodução / Christian Surfers)

Surfistas hardcore sempre viajaram para locais fora de alcance para a onda perfeita. Mas os surfistas de CSI não apenas pegam a onda; eles ajudam a aliviar a pobreza, restaurar o meio ambiente e ajudar em desastres.

“Acreditamos no poder da comunidade global do surfe para fazer mudanças poderosas e de longo prazo nas comunidades de praia em todo o mundo”, explica um narrador em um vídeo do Groundswell. “Usando o surfe como uma plataforma para se conectar, Groundswell existe para atender às necessidades de comunidades com poucos recursos e oferecer esperança tangível.”

Surfe e renda

Eles também ensinam jovens do Terceiro Mundo a surfar ou aprender polo aquático, oferecendo bolsas de estudos aos que vão bem na escola e incentivando o retorno dos alunos que abandonaram a escola

Nas Ilhas Maurício, no Oceano Índico, eles ajudam a construir casas e escolas para os habitantes locais.

Eles fornecem recursos para a compra de máquinas de costura e treinamentos para que os moradores possam produzir itens, bichos de pelúcia, para a venda, para gerar renda e quebrar o ciclo da pobreza.

A Groundswell tem seis projetos em cinco países: Ilhas Maurício, África do Sul, El Salvador, Indonésia e Chile.

Jesus, fonte de alegria

Os membros do CSI aderem a valores fundamentais, o primeiro dos quais a pregação do Evangelho. Esses cabelos desgrenhados e entusiastas da água bronzeados pelo sol encontram alegria nas ondas, mas reconhecem que a maior fonte de alegria é Jesus. Eles querem alcançar os surfistas do mundo que recorrem às drogas para complementar sua felicidade assim que o sol se põe.

Surfistas espalham o nome de Jesus pelas praias do mundo. (Foto: Reprodução / Christian Surfers)

A organização então se concentra no discipulado, ensinando a seus amigos em comunidades de surfe a profundidade da palavra de Deus enquanto buscam a transformação de suas vidas. Eles até vendem “Bíblias do surfista” com uma tradução mais fácil de entender da New Living Translation, na qual apresentam depoimentos de 18 surfistas famosos.

Qualquer surfista cristão pode participar do grupo. Eles fazem um pequeno curso de treinamento on-line, entram em contato com a CSI e, em seguida, organizam um evento de surfe para alcançar seus amigos e comunidade.

“Compartilhamos as boas novas de Jesus seguindo-o na comunidade”, afirma o vídeo introdutório do CSI. “Nós capacitamos outros a fazerem o mesmo para que todos os surfistas em todas as comunidades tenham a oportunidade de conhecer e seguir Jesus.”


Fonte: Guiame
Referência: http://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/cristaos-usam-surfe-para-levar-o-evangelho-comunidades-pobres-pelo-mundo.html

Comentários
Carregando...

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy