Seja bem-vindo ao InfoCristão, o portal gospel da família brasileira!
sexta-feira , 12 julho 2024
Ciência e Tecnologia

Horizon Chase 2 — Rumo ao horizonte

Horizon Chase 2 — Rumo ao horizonte

Eu tenho que admitir, quando em agosto de 2022 a Aquiris anunciou o Horizon Chase 2, o que senti foi decepção. Isso não aconteceu porque não gostava do seu antecessor, mas sim porque me diverti tanto com ele, que queria muito experimentar esse novo capítulo. Porém, o título seria exclusivo do Apple Arcade e embora versões tenham aparecido no PC e no Nintendo Switch algum tempo depois, só agora consegui matar a vontade, com sua chegada aos consoles da Sony e Microsoft. Felizmente, a espera valeu a pena.

Horizon Chase 2

Crédito: Divulgação/Aquiris

Continuando a proposta do primeiro, Horizon Chase 2 chega como uma homenagem aos jogos de corrida que conquistaram multidões nos anos 80 e 90, como Out Run e a série Top Gear/Top Racer, especialmente essa última. Isso significa participarmos de provas em cenários lindos, termos que lidar com adversários que não facilitarão nossas vidas e atingirmos velocidades altíssimas.

Por sinal, a sensação de velocidade entregue pela criação do estúdio brasileiro talvez seja sua principal qualidade. Com uma taxa de frames constante e carros que podem passar facilmente dos 300 km/h, muitas vezes ficaremos desnorteados com as curvas que se sucedem e o cenário passando tão rapidamente nas laterais das pistas.

Devido a altíssima velocidade entregue, a minha sensação algumas vezes foi de que, no fundo, o Horizon Chase 2 é um teste de reflexo, o que fica ainda mais claro nas provas contra o relógio — e que não são obrigatórias. Isso é típico dos jogos de corrida voltados para uma jogabilidade arcade e se você gostava dos títulos em que o pessoal da Aquiris se inspirou, certamente encontrará muita diversão aqui.

Em seu modo principal, Horizon Chase 2 nos colocará para competir em seis países, com cada um deles sendo dividido por regiões que contam com pistas em cidades distintas. No caso do Brasil, as provas começarão no norte/nordeste e nos levarão até o sul, onde vale destacar a bela pista de Porto Alegre, quando passaremos por lugares famosos como a Arena do Grêmio ou o estádio Beira-Rio.

Crédito: Divulgação/Aquiris

Contudo, tenho que revelar ter ficado triste com a ausência de uma prova no Rio de Janeiro, enquanto Minas Gerais conta com duas corridas. Não é algo que desabone o jogo, mas até por se tratar de uma das cidades mais conhecidas do mundo, acredito que a sua presença poderia servir como um belo chamariz.

Ainda em relação às pistas disponíveis, gostei muito daquelas em que as provas não são disputadas em circuitos, sendo mais parecidas com o que tínhamos em Out Run. Corridas assim sempre me agradaram mais do que ficar passando seguidas vezes pelos mesmos lugares e adoraria se mais delas estivessem presentes, mas entendo que o trabalho para criar essas pistas seja muito maior.

Vale destacar ainda o fato de várias corridas contarem com passagem de tempo e mudanças climáticas. Assim, poderemos iniciar uma prova a tarde e terminá-la já durante a noite, com os faróis dos carros ligando automaticamente e gerando um efeito muito bacana. Ou ainda, não se surpreenda se começar a chover ou uma tempestade de areia surgir de repente. Esses eventos não influenciam o controle dos veículos, mas podem prejudicar bastante a visibilidade.

Outro ponto que considero positivo em Horizon Chase 2 está no sentido de progressão. Nele os carros evoluirão quanto mais os utilizarmos e conforme seus níveis subirem, poderemos aproveitar pontos de habilidade para melhorar aspectos como velocidade, controle e aceleração. Na parte final da volta pelo mundo provavelmente você estará no comando de um bólido extremamente veloz e personalizado com cores e rodas que escolheu.

Crédito: Divulgação/Aquiris

Os carros ainda contam com designs desbloqueáveis que os tornarão bem diferentes dos originais, como, por exemplo, tornando-os conversíveis, adicionando uma prancha de surfe no teto ou caixas de som na caçamba de uma pick-up.

Além de um modo campeonato ou das partidas online (incluindo entre plataformas), esses desbloqueáveis ajudam a aumentar a vida útil do jogo. O que também deverá prender os jogadores por um bom tempo são os troféus especiais, já que para os conseguirmos teremos que vencer a corrida e ainda coletar todas as moedas presentes nela. E acredite, em algumas pistas isso se mostrará um grande desafio.

No caso específico dos fãs de Top Gear, uma ótima notícia é o retorno do compositor Barry Leitch, que segue nos fascinando com ótimas músicas, sendo que algumas delas contam até com vocais. Mesmo sendo uma trilha inédita, vários trechos das músicas remetem diretamente ao jogo para Super Nintendo que se tornou tão adorado pelos brasileiros.

Horizon Chase 2

Crédito: Divulgação/Aquiris

Já na parte visual, é nítida a melhora nos gráficos, embora a direção artística deste novo capítulo nunca esqueça sua origem. Logo, Horizon Chase 2 é um jogo colorido, com cenários muito mais detalhados e principalmente, muito bonito.

No fim das contas, essa é uma continuação que traz tudo o que os fãs do primeiro jogo poderiam esperar: uma jogabilidade tão boa quanto do antecessor, muito conteúdo, melhoras na parte visual e acima de tudo, sem perder sua identidade.

Com ele podemos notar a evolução do estúdio gaúcho que em abril de 2023 foi adquirido pela Epic Games. Se isso influenciará a empresa brasileira de alguma forma, o tempo dirá, mas com o Horizon Chase 2 a desenvolvedora não só presenteia os fãs dos clássicos jogos de corrida, como reforça seu nome como uma das principais do país.


Por: Dori Prata
Fonte/URL: https://meiobit.com/464283/horizon-chase-2-review/

Artigos Relacionados

Sim, está na hora de um Sonic RPG

Desde o lançamento do primeiro jogo, há mais de três décadas, o...

Okami: uma obra de arte (que poderia ter sido melhor)

Sempre que o assunto é a disseminação cultural proporcionada pelos videogames, um...

Paramount aprova fusão com Skydance por US$ 8 bilhões

E parece que a novela finalmente chegou ao fim: a Paramount entrou...

Zenless Zone Zero — mudança de ritmo

Zenless Zone Zero é o mais novo gacha game da miHoYo, a...