Conteúdo Cristão, Notícias, Estudos, Meditações, Vídeos e Muito Mais!

Leonardo Gonçalves diz que é “deprimente” cristão apoiar a bancada evangélica

45

O cantor gospel Leonardo Gonçalves, indicado ao Grammy Latino deste ano como “Melhor Álbum Cristão em Língua Portuguesa”, usou as redes sociais neste domingo (17/10), para rebater as críticas que tem recebido por conta de suas últimas declarações a respeito da política brasileira.

No dia 23 de setembro, Leonardo publicou nas redes sociais afirmando que votaria na ‘direita’, quando este defendesse pautas bíblicas “mais do que a esquerda”. Pautas citadas por ele como distribuição de renda, proteção ao meio ambiente, defesa dos direitos humanos e liberdade religiosa.

Como resultado desta postagem, o cantor gospel foi bastante criticado por boa parte dos seus seguidores. Muitos comentaram no mesmo post ser inviável dele ser cristão e ao mesmo tempo ‘de esquerda’. Além disso, houve quem criticasse Leonardo por supostamente “ter fingido” ser cristão até aqui.

RESPOSTA

O cantor voltou a falar do assunto neste domingo, repercutindo ainda a postagem de setembro.

O artista falou que “grande ala dos evangélicos” que acredita que ele se arrependeu de ser cantor gospel “confundiram as coisas em troca do clickbait e engajamento”. Se referindo às críticas que tem recebido ultimamente por sua posição política.

Além disso, o cantor disse que faltou “interpretação de texto” por parte dos críticos, e também, chamou-os de “mentirosos”.

CRÍTICA À BANCADA EVANGÉLICA

O artista aproveitou a postagem para criticar os evangélicos que apoiam a Bancada Evangélica, grupo formado por políticos que se auto-denominam evangélicos e que defendem as mesmas pautas defendidas por lideranças evangélicas.

Segundo Leonardo Gonçalves, “há uma parcela significativa de evangélicos que confundem a instrumentalização do estado por parte da bancada evangélica com o avanço da obra de Deus ou até mesmo o estabelecimento de Seu Reino”.

“Tem gente que real (e muito mais do que eu imaginava) acredita que eu me posicionar contra a Bancada Evangélica, que dá suporte e sustentação para o atual governo é o mesmo que me colocar contra Deus e Sua justiça. Tem muito mais gente do que a gente pode imaginar que cria essa correlação direta”, escreveu o cantor.

Para o artista, muitas dessas pessoas acreditam que a Bancada Evangélica, os donos de igreja, atual governo e Deus “parecem se misturar e confundir, como se, em essência, fossem a mesma coisa”.

CONCLUSÃO POLÊMICA

Diante disso, o cantor afirmou que isso é “infinitamente mais deprimente e entristecedor” do que o analfabetismo funcional ou maldade, além de mentiras ditas. E segundo ele, os evangélicos chegaram a essa conclusão por conta das ameaças do marxismo cultural, da ideologia de gênero, legalização da maconha e do aborto.

O cantor concluiu que, uma pessoa ser contra a bancada evangélica e do atual governo, automaticamente se torna “o próprio satanás”.

“Você se torna, na visão de uma grande parte dos evangélicos, um comunista, socialista, marxista, abortista, gayzista, entre outros milhares de ‘instas’ e ‘ismos’, que parecem adorar criar diariamente. Basicamente, você se torna o próprio satanás e/ou seu instrumento”, escreveu o artista. “Que Deus tenha misericórdia de nós”, finalizou ele.


Fonte: Portal do Trono
Referência: https://portaldotrono.com/leonardo-goncalves-diz-que-e-deprimente-cristao-apoiar-a-bancada-evangelica/

Comentários
Carregando...

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy